Brasileira é encontrada morta em praia de Portugal após relatar ameaças em live


A transexual Angelita Seixas Alves Correia, de 31 anos estava desaparecida desde o dia 1º de janeiro (foto: FB)

A transexual Angelita Seixas Alves Correia, de 31 anos, foi encontrada morta na praia de Matosinhos, em Portugal nesta segunda-feira (11). A brasileira de Goiânia era personal trainer e instrutora de dança. As informações são do site G1.

De acordo com a irmã da vítima, Suzana Alves Alcântara, de 42 anos, Angelita estava desaparecida desde o dia 1º de janeiro.

Ela morava em Portugal desde 2016 e se casou lá em 2018. Ainda segundo Suzana, a irmã chegou a relatar em uma live no Instagram que estava sofrendo ameaças, no entanto, não chegou a dar detalhes.

Através das redes, amigos e parentes fizeram postagens sobre o desaparecimento na tentativa de encontrar informações.

“Minha sobrinha chegou a ligar para ela depois [da live] e contou que a Angelita estava muito nervosa, olhando para os lados e pedindo para ligar para o marido dela”, contou Suzana ao G1.

Após esse dia, Angelita não foi mais vista. “A gente estava em contato diário com a polícia lá e tínhamos a esperança de encontrar ela com vida”.

Conforme Suzana, o corpo da personal foi encontrado por um surfista que acionou a polícia.


mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário