Brasileirão chega a um quarto da competição com Internacional na liderança


Marinho vem sendo a grande estrela santista neste início de Campeonato Brasileiro (Foto: diariodopeixe.com.br)
Marinho vem sendo a grande estrela santista neste início de Campeonato Brasileiro (Foto: diariodopeixe.com.br)

Transcorridos um quarto do Campeonato Brasileiro, alguns times se destacam como prováveis candidatos ao título: Internacional, Flamengo, São Paulo, Atlético-MG, Vasco, Santos e Palmeiras. Este grupo forma a elite dos clubes que estão na parte de cima da tabela. O quadro não reflete exatamente o atual estágio porque alguns times tem jogos atrasados em função de disputa em campeonatos estaduais, entretanto os favoritos despontam entre aqueles que parecem se destacar das demais equipes. É claro que ainda é muito cedo para apontar o favorito, mas o Flamengo voltou a ser protagonista após quatro vitórias seguidas, depois de um início titubeante.

Times sem vitórias

Um empate em 1 a 1 com emoção no fim para compensar um sonolento primeiro tempo – único lance interessante foi o gol do Botafogo corretamente anulado pelo VAR. Foi assim que Athletico-PR e Botafogo jogaram na tarde/noite de quarta-feira (9). Enquanto a etapa inicial evidenciou o motivo de os dois times estarem há tempos sem vencer e na parte de baixo da tabela, o segundo tempo (principalmente o fim dele) foi de emoção até os acréscimos com direito a pênalti perdido e bola no travessão. No fim das contas, um placar justo para as duas equipes, com gols de Vitor Luis para os cariocas e Ravanelli para os paranaenses.

O Botafogo é o rei dos empates. Dos oito jogos disputados, o Alvinegro carioca obteve seis empates, uma vitória e uma derrota. Já o Furacão faz uma campanha decepcionante com cinco derrotas, duas vitórias e dois empates. São equipes que precisam reagir rapidamente se não quiserem enfrentar o fantasma do rebaixamento.

Ambos têm clássicos na próxima rodada. Athletico-PR recebe o Coritiba na Arena da Baixada no sábado (12), enquanto o Botafogo fecha a rodada no domingo (13) enfrentando o Vasco no Engenhão.

Equipe cearense bate pernambucano

No clássico nordestino entre Leões, melhor para o cearense. O Fortaleza fez valer o fator casa, dominou as ações da partida e venceu o Sport por 1 a 0 na noite de quarta-feira (9). Wellington Paulista, de pênalti, marcou o gol da vitória do Tricolor, que volta a vencer após sequência de duas derrotas consecutivas.

No domingo (13), os dois têm compromissos difíceis. O Fortaleza vai até Porto Alegre enfrentar o Grêmio na Arena do Grêmio. Já o Ceará joga em casa, mas terá pela frente o poderoso Flamengo no Castelão.

Emoção até o fim

Sobraram emoção e lances inusitados no jogo entre Goiás e Coritiba. As duas equipes se enfrentam na noite de quarta-feira (9), na Serrinha, em Goiânia, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, e cometeram muitas falhas que impediram a vitória de um dos lados. Resultado: 3 a 3. Melhor na etapa inicial, o Coxa abriu 2 a 0 com Robson e William Matheus. Porém, um pênalti bobo e uma expulsão precoce do Coxa fizeram o Goiás virar com Rafael Moura, Ignacio Jara e Sabino, contra. O mesmo Sabino ainda teve a chance de se redimir e, nos acréscimos, empatou cobrando pênalti.

A próxima rodada prevê dificuldades para as duas equipes que ocupam a parte de baixo da tabela. O Coxa tem o clássico com o Furacão na casa do adversário no sábado (12), enquanto o Goiás recebe o Internacional em Goiânia no domingo (13).

Tricolor paulista escapa da derrota em casa

O São Paulo empatou por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino na noite de quarta-feira (9), no Morumbi, e perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. E a decepção poderia ter sido pior para os tricolores. O time do interior saiu na frente, perdeu um pênalti, presenteou o adversário com o gol do empate em uma falha do goleiro Cleiton e, incrível, perdeu outro pênalti quase no fim do jogo. Raul fez o gol do Bragantino, e Luciano, em fase artilheira, marcou para o São Paulo.

No sábado (12), o Tricolor paulista vai a Vila Belmiro enfrentar o Santos. No domingo (13), o Red Bull Bragantino viaja para Belo Horizonte onde enfrenta o Atlético-MG.

Deu Rubro-negro no Fla x Flu

Dois gols no primeiro tempo, domínio do jogo e vice-liderança – pelo menos provisória. O Flamengo venceu o Fluminense por 2 a 1, na noite de quarta-feira (9), no Maracanã, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, e chegou ao quarto triunfo consecutivo na competição. Filipe Luís e Gabigol, de forma parecida, balançaram as redes e garantiram a vitória rubro-negra. O lateral, após cabeçada de Arrascaeta e rebote de Muriel aos sete minutos. O centroavante, depois de cobrança de falta do uruguaio e novo rebote do goleiro tricolor, aos 33. No fim, Digão ainda diminuiu para o Flu. Mas já era tarde.

As duas equipes voltam a campo no domingo (13). O Fluminense recebe o Corinthians no Maracanã, enquanto o Flamengo vai a Fortaleza para jogar contra o Ceará.

Marinho brilha na vitória do Peixe 

Em um jogo agradável de se assistir na Vila Belmiro, o Santos venceu o Atlético-MG por 3 a 1 na noite de quarta-feira (9) e se aproximou do rival direto na briga pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro. No reencontro do Peixe com o técnico Jorge Sampaoli, melhor para o time agora treinado por Cuca – que também se propôs a atacar e contou com a expulsão de Rafael, goleiro do Galo, ainda no primeiro tempo. Com um a mais, o Peixe abriu o placar com Arthur Gomes, viu o rival empatar com Alan Franco, mas Marinho brilhou com dois gols, deu a vitória aos santistas e virou artilheiro do Brasileirão com seis gols – ao lado de Thiago Galhardo, do Internacional.

A nona rodada foi completada por mais quatro partidas, que não pudemos cobrir por causa do fechamento do jornal: Corinthians x Palmeiras, Internacional x Ceará, Vasco da Gama x Atlético-GO e Bahia x Grêmio. Aliás, Mano Menezes, novo técnico do Bahia, acompanhou o duelo entre sua nova equipe e o Grêmio, clube no qual despontou para o cenário nacional como técnico de primeira linha.

Miami Heat na final da Conferência Leste

O Miami Heat, para surpresa de muitos, está na final da Conferência Leste. Seu adversário será definido na sexta-feira (11), quando voltam a se enfrentar Boston Celtics e Toronto Raptors no jogo 7. A série está empatada em 3 a 3 e não tem faltado emoção. Na quarta-feira (9), o time do Canadá apenas conseguiu bater o Boston Celtics após duas prorrogações. O placar final foi Toronto Raptors 125 x 122 Boston Celtics.

Já o Miami Heat eliminou o Milwaukee Bucks por 4 a 1, com a vitória de 103 a 94 do time do sul da Flórida. Giannis Antetokumpo, a grande estrela da equipe de Wisconsin, se lesionou no jogo 4 entre as duas equipes e ficou de fora do jogo 5, que decretou a saída do time de melhor campanha da fase regular da NBA. Aliás, são fortes os boatos de que o craque grego pode se transfeir justamente para o Miami Heat, algoz do Bucks, na próxima temporada. Se isto se concretizar e a equipe mantiver o atual elenco, o time comandado por Erik Spoelstra é sério candidato ao título no ano que vem, porque este ano dificilmente acredito que o título fuja de uma equipe do lado oeste.

Na Conferência Oeste, tudo se encaminha para uma final californiana, ou melhor, uma final angelina. Na terça-feira (8), o Los Angeles Lakers derrotou o Houston Rockets por 112 a 102, com um show do astro LeBron James. 

Na outra semifinal, o Los Angeles Clippers fez 3 a 1 sobre o Denver Nuggets, na quarta-feira (9), com uma partida fenomenal de Kawhi Leonard, que anotou 30 pontos, capturou 11 rebotes e deu nove assistências, quase fazendo um triple-double, na vitória de 96 a 85 sobre o time das montanhas. 

Pena a covid-19 ter surgido, pois seria fantástico acompanhar o frenesi em Los Angeles com os dois adversários locais fazendo a final da Conferência Oeste. Entretanto, todos os jogos estão sendo disputados na “bolha” de Orlando e sem público, a não ser alguns privilegiados parentes de jogadores.


mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário