FBI já prendeu mais de 80 pessoas que participaram da invasão do Capitólio


Website do FBI divulga fotos das pessoas procuradas pela agência por atos de violência cometidos durante a invasão do Capitólio, em Washington

Cresce cada vez mais a lista de pessoas identificadas e presas que estavam entre a multidão de simpatizantes do presidente Trump que invadiram o prédio do Capitólio na quarta-feira (6), enquanto o Congresso certificava a eleição de Joe Biden.

O Federal Bureau of Investigations informou que 82 pessoas foram presas até agora, e doze serão indiciadas por crime federal. “Este tipo de comportamento trai os valores da nossa democracia – e não será tolerado – por isso os agentes estão agindo com rapidez”, diz a nota da agência divulgada à imprensa.

A investigação está sendo facilitada porque vários dos participantes documentaram a própria participação no tumulto em redes sociais. Um deles é o recém-eleito parlamentar estadual Republicano da Virgínia, Derrick Evans, detido pelo FBI.

O website do FBI lista os já detidos e os ainda procurados por envolvimento nos atos de violência e vandalismo durante a invasão. Além do parlamentar da Virgínia, outros detidos são o líder no Hawaii do grupo de extrema direita Proud Boys, Nick Ochs (34) e Richard Barnett (60), o homem que foi fotografado na mesa da presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

Também está preso Lonnie Coffman (70), dono da caminhonete que continha coqueteis molotov, armas de grosso calibre e uma mistura de napalm caseiro pronta para ser usada no tumulto.

O FBI informa que qualquer informação sobre ações violentas ilegais relecionadas ao ataque em Washington, fotos ou vídeos podem ser enviadas por este link. O telefone para denúncias é 1-800-CALL-FBI (1-800-225-5324).


mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário