Miami Heat é a grande sensação dos playoffs da NBA em Orlando


Goran Dragic foi um dos responsáveis pela boa vitória do Miami Heat sobre o Milwaukee Bucks no segundo jogo das semifinais da Conferência Leste (Foto: Divulgação NBA)
Goran Dragic foi um dos responsáveis pela boa vitória do Miami Heat sobre o Milwaukee Bucks no segundo jogo das semifinais da Conferência Leste (Foto: Divulgação NBA)

A grande fase do Miami Heat está surpreendendo até os especialistas em NBA (National Basketball Association). Embora classificado em 5º lugar, o time do Sul da Flórida vem fazendo uma campanha irrepreensível. Depois de eliminar o Indiana Pacers (4º colocado na Divisão Leste) por 4 a 0, aplicando um sweep no time do Meio Oeste americano. Para quem não sabe, sweep significa eliminar o adversário por 4 a 0. Como as séries são programadas em sete partidas, quem ganhar quatro está classificado para a próxima fase.

Após derrotar o Indiana Pacers, o Miami Heat começou a série com o Milwaukee Bucks, melhor time da Divisão Leste. Ao contrário das previsões, o time do craque grego Giannis Antetokumpo já perdeu duas para o Miami Heat – na quarta-feira (2) o final foi emocionante com a vitória da equipe floridiana por 116 a 114. Anteriormente, Miami Heat já havia derrotado a equipe de Wisconsin por 115 a 104 na segunda-feira (31). É a primeira vez na história recente da NBA que um classificado abaixo dos quatro primeiros faz 6 a 0 em playoffs. Interessante é que são fortes os boatos de que Giannis Antetokumpo pode ir para o Miami Heat na próxima temporada, caso sua equipe seja eliminada nesta fase.

O próximo encontro entre Miami Heat e Milwaukee Bucks ocorre na sexta-feira (4) pelas semifinais da Conferência Leste. O vencedor desta série enfrentará o ganhador da série entre Toronto Raptors (atual campeão da NBA) e Boston Celtics, que lidera a série por 2 a 0. Dentro deste panorama, são grandes as chances de Miami Heat e Boston Celtics se enfrentar na final da Conferência Leste.

Na Conferência Oeste, as séries começaram na quinta-feira (3) com a partida entre Denver Nuggets e Los Angeles Clippers. Na outra série, outra equipe californiana, o Los Angeles Lakers de LeBron James e Anthony Davis enfrenta o Houston Rockets – cuja classificação ocorreu em final emocionante com a vitória da equipe texana derrotando o Oklahoma City Thunder por 104 a 102 no sétimo e decisivo jogo da série.

A final da Conferência Oeste pode colocar frente a frente Los Angeles Clippers e Los Angeles Lakers. Seria fantástico assistir esta série na maior cidade da Califórnia, porém, em razão da pandemia da covid-19, esta série pode ser disputada em Orlando. Só falta combinar com Denver Nuggets e Houston Rockets, adversários das equipes de Los Angeles.

Flamengo voltou a brilhar

Depois de um início titubeante após a troca de técnico, o Flamengo fez uma apresentação digna do Flamengo campeão de 2019. Com muita movimentação, intensidade e entrosamento no ataque, o Flamengo colocou o Bahia na roda e venceu com autoridade em Pituaçu. Em noite inspirada, Pedro, duas vezes, Arrascaeta, duas vezes, e Everton Ribeiro construíram um placar cheio de golaços. Rodriguinho, Élber e Daniel diminuíram no 5 a 3 da noite desta quarta-feira, pela sétima rodada do Brasileirão.

Se o Flamengo teve uma noite bem articulada no setor ofensivo, a defesa do Bahia facilitou muito a missão. Foram erros infantis de passe, posicionamento e marcação. Uma noite para esquecer de quase todos os defensores. Isto tudo custou o cargo de Roger Machado. O técnico foi demitido pelos diretores do Bahia, depois de dois ano no comando do Tricolor de Aço.

No sábado (5), o Flamengo recebe o Fortaleza no Maracanã, enquanto o Bahia viaja a Porto Alegre para enfrentar o Internacional, líder do Brasileirão.

Final emocionante no Allianz Parque

Palmeiras e Inter empataram por 1 a 1 na noite de quarta-feira (2), em São Paulo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, em um jogo que deixou muito a desejar nos 90 minutos, mas reservou todas as emoções para os acréscimos. O Colorado, que optou por poupar alguns titulares, abriu o placar aos 46 minutos com Thiago Galhardo, em pênalti revisado pelo VAR. Mas o Verdão, com Luiz Adriano, de cabeça, empatou aos 48 minutos. Apesar da emoção no fim, o jogo foi muito fraco tecnicamente, com raríssimas chances de gol e muita falta de criatividade.

No sábado (5), o Santos vai a Fortaleza enfrentar o Ceará, enquanto o Vasco da Gama recebe no domingo (6) o Athletico-PR em São Januário, no Rio de Janeiro.

No duelo dos alvinegros, empate entre Santos e Vasco

Santos e Vasco ficaram no empate por 2 a 2 na noite de quarta-feira (2), na Vila Belmiro, num jogo de idas e vindas, gols dos artilheiros e o VAR como personagem – mais uma vez, no mesmo estádio. Três dias depois de ter dois gols anulados contra o Flamengo, o Santos viu o árbitro de vídeo definir os dois gols do Vasco: um de Fellipe Bastos, no fim do primeiro tempo, outro de Germán Cano, de pênalti, no segundo. Lucas Veríssimo abriu o placar, e Marinho também marcou para o Peixe num golaço de falta. O Santos ficou duas vezes à frente, e o Vasco, mesmo muito desfalcado, contou com seus dois principais goleadores no Brasileirão. Bastos e Cano têm quatro gols. Marinho, pelo Peixe, também.

No domingo (6), o Internacional enfrenta o Bahia no Beira Rio, enquanto o Palmeiras joga contra o Red Bull Bragantino em Bragança Paulista no mesmo dia.

Alívio com vitória em Goiânia

Um gol de Danilo Avelar aos 45 minutos do segundo tempo foi responsável por dar a vitória ao Corinthians por 2 a 1 sobre o Goiás, na quarta-feira (2), na Serrinha, e ao mesmo tempo afastar o Timão da parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro – depois de sete rodadas. O Timão, com mudanças, até teve um bom primeiro tempo e abriu o placar com gol contra de Fábio Sanches, aos 27 minutos. O Esmeraldino, louco para sair do Z-4, se deu melhor na segunda etapa com as mudanças promovidas pelo técnico Thiago Larghi e chegou ao empate com Vinícius, aos 19 minutos. No fim, a insistência corintiana deu resultado com Avelar, em gol de cabeça após cobrança de escanteio de Otero.

No sábado (5), o Corinthians recebe o Botafogo na Neoquímica Arena e o Goiás vai a Recife no domingo (6) onde enfrenta o Sport na Ilha do Retiro.

Fogão fica no zero na estreia de Kalou

Botafogo e Coritiba fizeram um jogo de muita luta, mas poucas chances no empate sem gols pela sétima rodada do Brasileirão, no Nilton Santos. Nas poucas oportunidades criadas, os goleiros Wilson e Gatito apareceram para garantir o zero no placar. O time da casa teve a estreia de Salomon Kalou, que teve boa atuação, mas não conseguiu mudar o resultado.

No sábado (5), o Botafogo enfrenta o Corinthians na Neoquímica Arena e o Coritiba enfrenta o Atlético Mineiro na capital paranaense no domingo (6).

No clássico cearense deu Vozão

No quarto Clássico-Rei do ano, deu Ceará. O time comandado por Guto Ferreira venceu o Fortaleza por 1 a 0 na noite de quarta-feira (2), pela sétima rodada da Série A do Brasileiro, na Arena Castelão. O gol do Ceará foi de Vina, que fez o nono dele na temporada e tem oito assistências. O Fortaleza teve posse de bola, mas sofreu quando tentou ir ao ataque. Para se ter uma ideia, só teve uma boa chance perdida por David no primeiro tempo, e de Juninho no segundo tempo.

O Fortaleza tem parada difícil no sábado (5), pois vai enfrentar o Flamengo no Rio de Janeiro, enquanto o Ceará recebe o Santos no Castelão no mesmo dia.

Dragão assusta Flu no Maracanã

Os dois tempos de Fluminense x Atlético-GO foram bem distintos no Maracanã. Enquanto o Tricolor foi superior em praticamente toda a primeira etapa, abrindo o placar logo ao seis minutos com Evanilson, o Rubro-Negro, com um a mais, tomou conta do jogo nos 45 minutos finais, conseguindo o gol de empate com Renato Kayzer.

As duas equipes jogam no domingo (6). O Tricolor carioca vai a São Paulo para enfrentar o Tricolor paulista, enquanto o Atlético-GO recebe o Grêmio em Goiânia.

Ninguém sai vencedor na Arena da Baixada

Com técnicos interinos, Athletico e Bragantino ficaram no empate por 1 a 1 na noite de quarta-feira (2), na Arena da Baixada, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols saíram no primeiro tempo, com Geuvânio e Claudinho. A etapa inicial foi intensa, com as equipes criando chances no começo e balançando as redes, mas o ritmo caiu no segundo tempo. O Braga, que vinha de duas derrotas, fez uma partida mais consistente, só que insuficiente para sair vitorioso diante do Furacão, que acumula cinco jogos sem vitória.

As duas equipes vão atuar no domingo (6). O Rubro-negro paranaense vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Vasco da Gama em São Januário, enquanto o Red Bull Bragantino recebe o Palmeiras em seu estádio em Bragança Paulista.


mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário