Mulheres do Brasil | AcheiUSA


O Grupo Mulheres do Brasil conecta pessoas. Colocamos a serviço dos brasileiros a natureza feminina, que acolhe, cuida e faz acontecer. Neste mês de junho, a programação continua com foco no bem-estar durante o isolamento social, combate à violência doméstica e preconceito racial. 

Lives semanais ou treinamentos via Zoom são previamente divulgados em nossas redes sociais.

Dia da mulher negra, latino-americana e caribenha: conheça a história de Carolina Maria de Jesus

Foi instituído no Brasil o dia 25 de julho como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. A homenagem a uma das principais mulheres, símbolo de resistência e importantíssima liderança na luta contra a escravização, foi decretada por meio da Lei nº 12.987.

Não é apenas uma data de celebração e eventos. É, principalmente, uma data para reflexão e fortalecimento da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha. Pensando nisso, o grupo Mulheres do Brasil América do Norte elegeu a representante Carolina Maria de Jesus.

Carolina Maria de Jesus foi uma mulher negra, nascida em 1914, em Sacramento, Minas Gerais. Após a morte de sua mãe, ela se mudou para São Paulo.Teve pouco acesso a escolaridade, e se tornou catadora de lixo. Ela nunca quis se casar e teve três filhos, cada um de um relacionamento diferente. Amava ler, e escrevia diários e poemas nos cadernos que encontrava trabalhando.

Esses cadernos viraram um livro internacionalmente conhecido, Quarto de Despejo (publicado em 1960). Foi a primeira denúncia feita diretamente pela vítima da modernização excludente que acontecia na época. O livro vendeu mais de 1 milhão de cópias, e foi traduzido em 14 línguas.

Homenageamos essa mulher guerreira, que, assim como tantas outras, lutou contra a opressão da sociedade, ajudando a concretizar as melhorias que vemos hoje. Seremos eternamente gratas por isso! 

Mission Medical Center (até 31/12)

A parceria do Grupo Mulheres do Brasil com a Mission Medical Center continua ativa e o voucher de desconto valerá até o dia 31 de dezembro. 

As consultas e exames devem ser marcados previamente por ligação (561) 637-2757. 

Para consultar os descontos e serviços oferecidos, entre em contato com através do e-mail: [email protected]

Guarda legal e imigração na ausência dos pais

Você sabe por que é tão importante nomear um guardião legal para seus filhos? Em caso de falecimento dos pais ou responsáveis, as crianças são levadas pela assistência social para um abrigo, sendo necessária uma burocracia imensa para conseguir as guardas de volta (principalmente se forem imigrantes). 

Com o intuito de evitar esse tipo de situação, é necessário ter um testamento que nomeie um guardião legal para filhos menores de 18 anos. Pensando na importância desse tema, preparamos uma live que ficou salva no link: bit.ly/guardalegal.

Semana experiência de consumo em novos tempos (Comitê Empreendedorismo)

Esta semana, promoveremos um evento de três dias (28 a 30 de julho), que visa aprimorar seus conhecimentos, esclarecer os impactos nos comportamentos de seus clientes e atualizar sobre as suas responsabilidades nesses novos tempos.

Falaremos sobre a Era da Economia Low Touch, a utilização de dados para entender o cliente e os novos padrões de comportamento do consumidor. 

28 de julho às 5:30pm – Seu negócio na Era da Economia Low Touch

29 de julho às 5:30pm – Você realmente entende seu cliente?

30 de julho às 5:30pm – O impacto das novas demandas legais em seu modelo de negócio

Para se inscrever acesse o link: bit.ly/semanaeexperiencia.


PÍlula Empreendedora

Poderes de negociação

Talvez nunca tenhamos imaginado que num mundo com tanto acesso à informação, conhecimento e tecnologia, estaríamos enfrentando esse grande desafio de uma pandemia.

Neste cenário, cabe a nós, mulheres empreendedoras, preservar o equilíbrio emocional e ainda ter muita criatividade para preservar ou reinventar o nosso negócio.

Por isso, nunca foi tão importante intensificar nossa habilidade de negociação –  ato que realizamos a todo momento, seja nas relações familiares ou profissionais (com colaboradores, fornecedores e clientes).

Mas para que o nosso poder de negociação seja mais efetivo, devemos saber bem como emitir a nossa mensagem. 

Portanto, baseada na estratégia de negociação de Harvard – tema do livro “Como chegar ao sim” (Getting to yes: negotiating agreement without giving in) -, destaco algumas dicas:

Primeiramente, trabalhe a sua reputação nos quesitos honestidade e competência.

Tenha empatia, ou seja, desenvolva sua capacidade de se colocar no lugar do outro e demonstre isso.

Separe as pessoas do problema – é este que deve ser atacado e ser resolvido, não as pessoas.

Concentre-se nos interesses e não nas posições. O objetivo da negociação é satisfazer o real interesse das partes, que muitas vezes está por trás das posições adotadas.

Crie uma gama de opções possíveis de ganho mútuo antes de tomar uma decisão, chegar a um acordo.

E, para finalizar, insista em critérios objetivos, fundamentados em padrões razoáveis, como valores de mercado, leis etc.

Querendo ou não, somos todas negociadoras… e isso faz parte da nossa vida!

Por Cristiane Martins (@cristianecmlegal)
Voluntária dos Comitês Empreendedorismo e Jurídico

Quer fazer parte do nosso grupo também?
Cadastre-se no nosso site:
www.grupomulheresdobrasil.org.br
Siga-nos nas redes sociais instagram.com/grupomulheresdobrasil.sulfl • www.facebook.com/GrupoMulheresdoBrasil.SulFL


mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário