Polícia identifica mulher que abandonou 3 recém-nascidos em Orlando


Os bebês foram encontrados nos anos 2016, 2017 e 2019 (foto: pixabay)
Os bebês foram encontrados nos anos 2016, 2017 e 2019 (foto: pixabay)

A Orlando Police Department identificou a mãe biológica dos três recém-nascidos abandonados na porta de diferentes apartamentos nos condomínios Willow Key Apartments e Buena Vista Point Apartments, em Orlando, na Flórida

Segundo informações divulgadas pelas autoridades nesta quarta-feira (13), a mulher foi encontrada no final de novembro após ter o seu DNA rastreado. O teste também comprovou que os três bebês possuem os mesmos pai e mãe.

Os policiais não revelaram informações pessoais sobre a mulher como nome, idade ou nacionalidade. Ela teria dito em depoimento que deu à luz sozinha e abandonou os filhos por medo do pai das crianças.

O último recém-nascido foi encontrado em 2019, e os outros dois em 2017 e 2016.

“Estamos procurando ajudar a mãe biológica, que identificamos, e obter os serviços de que ela precisa, ao mesmo tempo que estamos considerando as possíveis acusações criminais pendentes contra ela”, disse Frank Chisari, um dos detetives envolvidos no caso.

Segundo Chisari, a Orlando Police Department está trabalhando em parceria com o State Attorney’s Office para definir quais acusações ela pode enfrentar.

“Você não pode simplesmente deixar seus filhos em uma porta desconhecida sem saber quem vai cuidar deles”, disse Chisari.

As autoridades acrescentaram que os três irmãos estão vivos e saudáveis. Sendo que dois foram adotadas por famílias diferentes e o terceiro está em um orfanato.

No ano 2000, a Flórida aprovou uma lei conhecida como Florida’s Safe Haven, que permite aos pais entregarem seus bebês com até sete dias de idade a um hospital, corpo de bombeiros ou postos de serviços médicos de urgência e permanecerem completamente anônimos. Porém, eles perdem os direitos parentais sobre filhos.


mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário